Meu cão esta latindo muito, o que eu faço?

cachorro latindo

 

Você já imaginou se alguém te impedisse de falar?! Nem um piu sequer. Impedir um passarinho de cantar?! Impedir o vizinho de colocar musica às 3 horas da madrugada?! Kkkkk

 Brincadeiras a parte é o que nós queremos fazer com nossos cães, é impossível que um cão em algum momento de sua vida não vai dar um latido, alguns mais outros menos.

O que quero dizer é que quando chegamos pra fazer uma consultoria devido aos latidos do seu cão, já posso lhe garantir que mudo ele não vai ficar.

Mas se ele late excessivamente principalmente porque esta tendo motivos, digamos que podemos reduzir esses latidos em 80% a 90%, mas mudo ele não fica. risos

Antes de qualquer coisa, você precisa saber por que os cães latem. Em primeiro lugar o latido é a maneira que o cão utiliza para se comunicar, podemos não entender, mas eles estão “falando”. Pode significar coisas diferentes, dependendo da situação.

O primeiro passo é saber o motivo do latido excessivo. Uma vez que você sabe por que ele está latindo, podemos iniciar um programa para tratar do problema.

Aqui estão algumas razões pelas quais os cães latem:

“falando” com o cão mais próximo: Já notaram que quando um começa a latir o do vizinho para, depois começa latir como se estivesse respondendo, fica igualzinho uma conversa só que na forma de latidos, afinal ainda não vi nem um cão falando. risos

Por causa do território/ proteção: Quando uma pessoa ou um animal entra no espaço em que seu cão considera seu território, é um motivo para os latidos, ele está avisando que tem algum intruso.

Por medo: Alguns cães latem pra qualquer ruído ou objeto que chama a sua atenção ou o assusta. Isso pode acontecer em qualquer lugar, não apenas em seu próprio território.

Tédio / Solidão: Os cães são animais sociais e ativos. Cães deixados sozinhos por longo período de tempo, seja em casa ou no quintal, podem tornar-se entediados e muitas vezes vão latir, é uma maneira de liberar o estresse.

Saudação: Cães muitas vezes começam a latir para cumprimentar as pessoas ou outros animais.

Por atenção: Quando um cão descobre que consegue a atenção do seu dono através dos latidos, se o dono permitir sempre que o cão quiser algo ele vai começar a latir.

Característica da raça: Algumas raças foram criadas para dar alarme, ou seja, vão latir mais que outras, por exemplo: os Terriers, os Pastores (todos os pastores, não é só o Alemão). Já um Shih-Tzu costuma ser mais quieto, lembrando que não é mudo.

Ansiedade por Separação: Cães com ansiedade por separação, muitas vezes latem excessivamente quando são deixados sozinhos, com a sensação de que foram abandonados. Eles também costumam apresentar outros sintomas, como a automutilação, destruição, tristeza e alguns costumam fazer suas necessidades fora do lugar. Não por que estejam com raiva, mas desesperados, é parecido com pessoas com distúrbio compulsivo obsessivo.

Como tratar latidos excessivos:

– Primeiro que em qualquer mudança de comportamento não existe milagre, nada vai acontecer de um dia para o outro, gosto de fazer uma analogia com crianças na escola, elas não vão à escola uma vez no ano e já sabem tudo. A primeira regra de ouro e a mais importante de todas são os exercícios físicos, não estou falando de uma volta no quarteirão pra fazer as necessidades, mas caminhadas vigorosas como se fosse para perder peso.

No mínimo duas vezes por dia, vai depender do nível de energia do seu cão e da temperatura, estamos no verão, assim como não aguentamos esse calor nossos peludos também não aguentam, façam caminhadas de manhã cedo e a noite. Cansado seu peludo vai diminuir os latidos drasticamente, pois vai querer descansar depois dos passeios e não importa o tamanho do seu cão, pode ser do tamanho de um chihuahua.

TODOS OS CÃES PRECISAM DE EXERCÍCIOS.

– Se você gritar vai estimular seu cão a latir mais, porque ele vai achar que você está repetindo seu comportamento. Por isso, a primeira regra é falar com calma e firmeza o comando QUIETO fechando a boca do peludo com sua mão para mostrar o que você quer dele, mas não grite.

– Invista em brinquedos inteligentes que estimulem a mente do peludo, como: Pet Ball, casco de vaca, ossos, Kong, pedra de gelo, Buddy Toy.

Caso ainda tenha dificuldades procure a ajuda de um treinador experiente para lhe ajudar.

Abraços,

Beatriz Duarte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *